Wet Bed Gang, Pongo Love e April Ivy são as mais recentes para a edição de 2018 do Sumol Summer Fest. O festival regressa à Ericeira nos dias 6 e 7 de julho.

Os Wet Bed Gang, de Vialonga, composta por Zara G, GSon, Kroa e Zizzy, mostra qualidades rítmicas e poéticas. Entre 2013 e 2014 fizeram o upload de mais de 15 músicas no YouTube. Esta foi uma produtividade que cativou um público que não tem parado de crescer. No final do verão de 2016, o videoclip de “Não Tens Visto” ultrapassou os 3 milhões de visualizações.

Os Wet Bed Gang também têm crescido artisticamente com a presença em estúdio de Conductor dos Buraka Som Sistema. No dia 6 de julho o público do Sumol Summer Fest vai encher os pulmões para entoar temas como “Mais Uma Party” ou “Não Sinto”, os mais recentes hits da banda.

A cantora e dançarina angolana Pongo Love é responsável por um dos momentos mais marcantes da música portuguesa dos últimos quinze anos. “Kalemba Wegue Wegue” é um sucesso criado e interpretado por Pongo em conjunto com os Buraka Som Sistema.

Descreve-se a si própria como “uma menina dum Kuduro mestiço e progressivo. Voz poderosa, mas igualmente frágil e sensível”. A dada altura cruzou-se com a banda Buraka Som Sistema, com quem trabalhou até começar a sua carreira a solo. Nos temas de Pongo Love não faltam referências angolanas misturadas com termos crioulos de Lisboa e arredores. Atua no dia 7 de julho.

Apesar da idade, o mundo artístico não é propriamente uma novidade para April Ivy. Com apenas 9 anos, começou as primeiras experiências na área da representação ao dar voz a personagens da Disney.

Em 2015 lançou o primeiro single, “Unstoppable”. Depois disso seguiu-se o convite para a gravação do primeiro EP e, em fevereiro de 2016, lançou “Be Ok”.

No final do verão de 2016 voltou à carga com o single “Shut Up”. Em outubro passado, e já depois de uma atuação no MEO Sudoeste de 2017, lançou “Run For Lovers”. Atua a 6 de julho.

Comentários