A Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão é o palco de estreia dos novos discos dos The Gift, Vitorino, Terra Batida e Paraguaii. Em abril, são as novidades musicais que dominam a programação.

O mês abre com os Terra Batida, que no próximo dia 1, sábado, trazem a Famalicão o espetáculo que estreia o primeiro álbum do grupo – “Falaciosa Realidade” – cotado pela imprensa portuguesa como um dos mais promissores do ano.

Uma semana depois, no dia 8, é a vez de Vitorino subir ao palco do grande auditório da Casa das Artes, com um espetáculo que tem como título o nome do seu novo disco de originais – “Não sei do que é que se trata, mas não concordo”. A comemorar 40 anos desde a edição do seu primeiro trabalho discográfico, Vitorino Salomé é hoje, inevitavelmente, um nome à parte no panorama cultural português.

Os The Gift são os senhores que se seguem. A banda de Alcobaça tem regresso marcado a Famalicão no dia 22 (sábado) e na mala trazem novo disco – “Altar”. Um álbum composto por 10 canções, que promete agitar os palcos nacionais com uma sonoridade que vai oscilando entre a pop alternativa e a eletrónica e que ao vivo se transforma num espetáculo que convida o público a dançar, vibrar e a celebrar o presente.

Fecham esta onda de apresentações os portugueses Paraguaii, que atuam na Casa das Artes a 28 de abril, num concerto de apresentação do novo trabalho – “Dream About The Things You Never Do”.

Ainda na música destaque para o Ciclo de Concertos Promenade, com a atuação, no dia 23, pelas 11h30, da Orquestra de Jazz da Escola Profissional de Música de Espinho e Mário Laginha, e para o espetáculo poético-musical alusivo às comemorações do 25 de Abril – “Em Cada Abril Primaveras” – no dia 24, segunda-feira.

No teatro destaque para duas apresentações. No dia 7 de abril, o grande auditório recebe “Noite de Outono” pela mão do Teatro Nova Europa. Um drama íntimo, que representa o regresso à Casa das Artes de um dos autores dramáticos portugueses mais premiados da atualidade – Luís Mestre. Por fim, no dia 29 é a vez do Coletivo Artístico Útero apresentar “O Duelo”, com encenação de Miguel Moreira.

Mais informações no site oficial da Casa das Artes, em www.casadasartes.org.