Os Vetusta Morla confirmaram-se ontem como uma referência da música em Espanha ao venceram nas categorias de Melhor Artista, Melhor Banda ao Vivo e Melhor Videoclip (“Cuarteles de Invierno”) nos Prémios MIN da Música Independente, realizados anualmente pela União Fonográfica Independente.

Estas três distinções juntam-se às sete que arrecadaram na edição de 2015 onde foram premiados nas categorias de Artista do Ano, Melhor Álbum do Ano (“La Deriva”), Canção do Ano (“Fuego”), Melhor Banda ao Vivo, Melhor Produção Musical (Manuel Colmenero e Javibu Carretero), Melhor Design Gráfico para Álbum (Midori Studio) e Melhor Fotografia Promocional (Jerónimo Álvarez).

Depois de um ano de 2015 repleto de concertos na Europa e na América do Sul, com destaque para as três noites no Barclaycard Center de Madrid  com quase 40 mil pessoas, e no festival Rock al Parque de Bogotá, com mais de 80 mil pessoas, os Vetusta Morla preparam-se para dois meses de concertos em festivais de referência antes de entrarem em estúdio para a gravação do novo disco. Em Junho e Julho, a banda apresenta-se no MadCool Festival, de Madrid; no Festival Cruïlla, de Barcelona; no NOS Alive, em Lisboa; no Festival Al Rumbo, de Chipiona (Cádiz), e no Low Festival, de Benidorm (Alicante).

Recorde-se que os Vetusta Morla estrearam-se ao vivo em Portugal em Outubro passado, com um concerto de lotação esgotada na Casa da Música, no Porto. Dia 9 de Julho, a banda de Madrid actua no Palco NOS do NOS Alive, ao lado de Arcade Fire e Band os Horses.