Tiago Nacarato foi o primeiro a subir ao palco principal do MEO Marés Vivas, neste que é o último dia da edição de 2019.

Final do dia, um sol a queres esconder-se, uma leve brisa a dançar pelos cabelos e Tiago Nacarato, são a combinação perfeita para dar início às andanças pelo palco MEO.

Depois de uma pequena introdução, Nacarato subiu ao palco aos saltos e uma multidão bastante considerável recebeu-o de braços abertos, com gritos de alegria e palmas.

O concerto arrancou com “Distraído”, mas ninguém desviava os olhos do palco. Prometeu-nos logo de seguida presentear-nos com alguns temas do seu primeiro disco e em primeira mão. Aos poucos e poucos, as pessoas que se encontravam até então dispersas pelo recinto, começaram-se a juntar ali mesmo em frente ao palco. Note-se que, momentos antes do espetáculo começar, já havia quem estivesse a guardar lugar para assistir ao concerto com a melhor vista!

Para aceder à galeria completa clique aqui.

Ninguém consegue ficar indiferente aos ritmos do português. Todos querem dar um pezinho de samba, todos querem sentir o samba no corpo. E Tiago Nacarato faz por isso. Ainda que pouco passeie pelo palco, não precisa de muito para puxar pelo público. Basta-lhe a voz e o swing.

Ele que é um “Pequeno Gigante”, perguntou “Quem gosta de Rock N’Roll?”. O público ficou ao rubro e começou logo com uns gritos. Depressa atirou com um “Então vamos tocar um sambinha!”. Ouviu-se então “Sol de Inverno”.

Para aceder à galeria completa clique aqui.

“Só me Apetece Dançar”, “Onde Anda Você”, fizeram então também parte do alinhamento deste espetáculo. Claro que este final da tarde não podia terminar em colocar os “Pontos nos Is”, para então entrar no “Sossego” frenético com que Tiago Nacarato nos deixou.


Texto: Mónica Ferreira
Fotografias:
  Bruno Ferreira

Comentários