Sting e Elvis Costello juntam-se a Philip Glass para homenagear Leonard Cohen num concerto na sua cidade natal, anunciou a família.

A 6 de novembro, Sting Elvis Costello e Philip Glass vão reunir-se no estádio Bell Centre de Montreal para um homenagear Leonard Cohen que morreu há quase um ano. Os lucros serão destinados a grupos de arte canadianos e Justin Trudeau, primeiro-ministro, deverá comparecer no evento.

Num comunicado, Adam Cohen, filho de Leonard, convida todos os fãs do pai espalhados por todo o mundo a comparecerem no concerto. Adam explicou que o seu progenitor deixou explícita a sua vontade de ser enterrado em Montereal, ao lado dos seus pais e que a sua cerimónia fúnebre fosse discreta.

Nesse mesmo comunicado, refere que o autor de “Hallelujah” disse também que se quisesse um evento público teria que ser em Montreal

Convidando os seguidores de Cohen de todas as partes do mundo a comparecerem no espetáculo, Adam Cohen explicou que o pai deixou instruções para ser enterrado na cidade, juntamente com os seus pais, e de que o funeral fosse discreto

“Vejo este concerto como um cumprimento das obrigações para com o meu pai: juntemos-nos em Montreal para fazer soar os sinos que ainda podem tocar”, frisou.

Tal como Cohen, Sting e Cohen tornaram-se conhecidos pela sua sensibilidade literária enquanto que Glass é destacado como um dos autores vivos mais influentes.

Quem vai estar também presente neste evento são as canadianas k.d. lang e Feist, Lana Del Rey, Damien Rice e dos fundadores dos The Lumineers, Wesley Schultz e Jeremiah Fraites.

Comentários