A Orquestra Jazz do Porto vai passar pela Casa da Música, no Porto, no próximo dia 6 de abril. Vitorino, vai participar no concerto da orquestra.

A Orquestra Jazz do Porto desafiou Vitorino para dar vida às suas canções. A Orquestra é composta por dezena e meia de jovens músicos, dirigida pelo trompetista Gileno Santana. Estabeleceram em 2017 com base de trabalho na Casa da Artes.

A carreira de Vitorino é uma das mais celebradas em Portugal. Ela atravessou épocas, estilos, abordagens diferentes.

Dos palcos com Zeca Afonso à Leitaria Garret, da companhia de Fausto e Sérgio Godinho às gravações com os Cantadores de Redondo ou os Rio Grande, das aventuras em La Habana às palavras de António Lobo Antunes. Pouco há que não tenha experimentado.

O desafio é deixar que as suas canções sejam lidas por uma big band que conhece por dentro o jazz. “Menina estás à Janela” e “Queda do Império” a “Fado Triste”, “Tocador de Concertina” ou “Ana Li”  são alguns dos temas que serão incluídos no alinhamento.

Comentários