A Netflix acabou de anunciar a produção da sua primeira série original polaca. O lançamento global da série na plataforma está previsto para 2018.

Seguindo a tradição dos thrillers de espiões da guerra fria, esta história alternativa decorre num mundo em que a cortina de ferro nunca caiu. Agora, em 2002, 20 anos depois de um devastador ataque terrorista que alterou o rumo da libertação polaca e a consequente queda da União Soviética, um estudante de direito idealista e um investigador da polícia desacreditado tropeçam numa conspiração que manteve a cortina de ferro de pé e a Polónia sob um estado policial repressivo. Depois de duas décadas de paz e prosperidade, os líderes do regime concebem um plano secreto com um adversário pouco provável em 1980, que irá transformar radicalmente a Polónia e afetar a vida de todos os cidadãos da nação e do mundo. O que estes dois homens descobrem tem o potencial para despoletar uma revolução popular. Os que estão no poder farão tudo para manter o segredo.

A série foi criada e escrita por Joshua Long e será produzida para a Netflix por The Kennedy/Marshall Company e The House Media Company. Frank Marshall (“Jurassic World”, “Jason Bourne”) e Robert Zotnowski (“House of Cards”) serão os produtores executivos na série, para a The Kennedy/Marshall Company, em conjunto com o produtor polaco Andrzej Besztak (House Media), Joshua Long, Maciej Musiał e Agnieszka Holland. A aclamada diretora polaca regressa à Netflix depois de já ter realizado vários episódios da série “House of Cards”.

Agnieszka Holland, nomeada pela Academia, e Kasia Adamik realizam a temporada de oito episódios que será filmada em várias cidades e regiões da Polónia.

“Estamos muito satisfeitos por combinar a fantástica experiência da equipa da Netflix, produtores e escritores americanos, com o talento e a sensibilidade polaca”, afirma a realizadora Agnieszka Holland. O produtor Frank Marshall acrescenta ainda: “ há já muito tempo que queria ter trabalhado com Agnieszka, por isso estou muito contente por produzir esta série para a Netflix, ao lado de um talentoso elenco polaco assim como toda a equipa.”

“Estamos muito entusiasmados por confirmar que iremos produzir a nossa primeira série original em língua polaca e também por trabalhar, neste projeto, com The Kennedy/Marshall Company e House Media em conjunto com a fantástica realizadora Agnieszka Holland. Estamos confiantes que este género será um sucesso não só junto da audiência polaca como também a nível global. Ansiamos por partilhar mais detalhes até ao final deste ano”, afirma Erik Barmack, Vice-Presidente Internacional das Séries Originais da Netflix.