Marconi’s Chin preparam-se para lançar um EP que será uma homenagem dançável a Guglielmo Marconi. “Nowhere Bay” é o primeiro single extraído deste primeiro trabalho.

Os Marconi’s Chin preparam-se para se estrear com o lançamento de um EP. Este trabalho, homónimo, funcionará como uma homenagem ao seu tio, Guglielmo Marconi – inventor do primeiro sistema prático de telegrafia sem fios. Além disso, foi gravado nos estúdios Village Underground, em Lisboa, e materizado por Nicolas Luis Secretin.

Imediatamente reconhecemos a homenagem ao inventor da comunicação wireless logo pela capa do EP. Nas palavras dos sobrinhos, “esta é uma fotografia mal revelada de Marconi, que foi encontrada no cruzeiro onde teve as primeiras ideias de comunicar sem fios, da mesma forma que a nossa experiência internacional, nos levou a investir na música”.

O EP preenche o espaço de um século entre a vivência de Marconi e a criação da banda, por conseguinte, numa viagem que resultou em cinco temas.

Os Marconi’s Chin são Carlos Noronha, guitarra e voz, e Luís Barbosa, nas teclas e sintetizadores.

É “Brother At Your Side”, em 1918, que marca então o início desta jornada. O físico italiano embarcou no cruzeiro Golden Ace, onde conheceu a musa inspiradora LUE. Desembarcaram em Nowhere Bay onde partiram à descoberta de Camera One. Em 2018, Luís Barbosa e Carlos Noronha, recebem como herança o diário desta viagem.

Este EP é, naturalmente, a primeira demonstração das experiências musicais feitas pelos jovens. Com um registo misto entre o pop-rock e a eletrónica, os Marconi’s Chin criam ondas sonoras carregadas de energia.

De acordo com o grupo, “o EP é resultado de uma mistura de vários géneros, tendo sempre como base as batidas eletrónicas e a procura de um som novo.”

Depois de várias experiências musicais na adolescência, Carlos e Luís foram viver para Barcelona e Paris, respetivamente. Amigos de infância, ambos acompanharam o seu crescimento enquanto músicos.

Em suma, quando regressaram a Portugal, em 2017, juntaram-se assim para criar os Marconi’s Chin.

Comentários