Khea, a revelação do trap latino, atua em terras lusas no final do ano. O concerto acontece a 13 de outubro no Lisboa ao Vivo.

Khea é então o maior responsável pelo boom do trap na Argentina. Criado por batalhas de rap Freestyle, desde a primeira faixa B.U.H.O., lançada em 2017, e com outros nomes do género como Duki, Cazzu e Neo Pistea, uma geração de artistas que estará na vanguarda do trap latino nos próximo anos.

“She Don’t Give Fo”, “Cómo Le Digo” e “Vete”, são algumas das faixas que começaram a trazer o nome à baila.

Contudo, foi então com “Loca”, que se tornou numa referência. Este tema foi gravado em colaboração com Duki e Cazzu. Foi um sucesso tão grande que então o próprio Bad Bunny não hesitou em juntar-se ao remix oficial apenas uns meses após o seu lançamento.

Mil milhões de streams não podem estar errados, especialmente quando são da mesma música, quando a canção é das primeiras cartas de apresentação de um artista de 17 anos (agora com 19) e tudo aconteceu há menos de dois anos.

Os bilhetes já estão disponíveis, por 15€, em bol.pt e locais habituais.

Comentários