Carolina Deslandes e Jimmy P são as mais recentes adições ao cartaz da 23ª edição do MEO Sudoeste.

A música portuguesa continua a ser uma das fortes apostas do MEO Sudoeste. Nesse sentido, Carolina Deslandes e Jimmy P são as novas confirmações para o festival. Os artistas atuam a 10 e 8 de agosto, respetivamente, no Palco MEO.

Jimmy P nasceu na década de 80. Filho de pais angolanos (o pai, Jorge Plácido, foi uma estrela do futebol) tem África a correr-lhe nas veias. A passagem do pai por diferentes clubes fez com que Jimmy bebesse de diferentes culturas e, consequentemente, também de diferentes géneros musicais.

Começa a assinar “Supremo G” e surgem as primeiras letras sobre as suas próprias experiências e ideias. Em 2005 lança “Ombuto – A Semente” com Crewcial. A partir dessa altura, o hip hop e um percurso na música começaram então a parecer uma inevitabilidade para Jimmy P.

Nos anos seguintes editou singles, mixtapes, participou na coletânea “Rascunho”, produzida por Conductor dos Buraka Som Sistema, e colaborou com nomes tão importantes como Valete, Dengaz ou Bezegol.

“ABENSONHADO”, o quarto disco, também está quase aí e já há pelo menos dois singles para ouvir. “Ano Novo” e “Contigo”, precisamente com Carolina Deslandes. Jimmy P atua dia 8 no Palco MEO.

Jimmy P atua a 8 de agosto

O fascínio de Carolina Deslandes pelos palcos começou bem cedo para a jovem. A meio de um concerto dos Xutos & Pontapés, virou-se para o pai e atira: “um dia quero estar ali em cima”.

Em 2010, com apenas 19 anos, Carolina participou no programa Ídolos e terminou num dos lugares cimeiros. Dois anos mais tarde, editou então o primeiro disco, um registo homónimo.

Foi em 2017 que editou o tema “A Vida Toda”, a banda sonora do seu amor com o músico Diogo Clemente. A canção derreteu o país e, segundo a própria Carolina, “acabou por ser a banda sonora de muitas mais histórias”. Um ano depois, lançou o terceiro disco, “Casa”, ainda mais pessoal.

Carolina Deslandes atua a 10 de agosto.

O MEO Sudoeste está de volta à Zambujeira do Mar, de 6 a 11 de agosto.

Comentários