A Netflix confirma Michael Stuhlbarg, Douglas Booth, Freya Mavor, Nikolai Kinski e Griffin Dunne, como o elenco de “Gore”. O filme tem estreia prevista para 2018.

“Gore” é realizado por Michael Hoffman, tendo como ponto de partida um guião escrito por si e Jay Parini que se baseou na inspiradora biografia “Empire of Self: A Life of Gore Vidal”. O filme decorre em 1982 depois do esforço falhado de Gore, nas eleições primárias para o senado na Califórnia. Ele retira-se para a sua casa em Itália, La Rondinaia, numa tentativa de ultrapassar os conhecidos bloqueios e sentimentos de tédio tão associados a escritores.

Stuhlbarg é Howard, um amigo de longa de data de Gore; Booth e Mavor o jovem casal cujas férias, na fantástica e sedutora costa Amalfi, são interrompidas pela atenção de Gore. Dunne e Kinski são respetivamente, o compositor americano Leonard Bernstein e o reconhecido coreógrafo/dançarino Rudolph Nureyev, visitas regulares a Villa Ravello, de “Gore”.

Kevin Spacey, duas vezes vencedor dos prémios da Academia, interpreta Gore Vidal, um erudito romancista americano e político controverso.

Andy Paterson produz para Sympathetic Ink. O filme de Spacey sobre o músico Bobby Darin, “Beyond The Sea” (2004) foi produzido por Paterson assim como”Restoration” de Hoffman. A produção, em Itália, ficou a cargo de Enrico Ballarin’s Mestiere Cinema. As principais filmagens decorrem atualmente em Itália com alguns especiais em Londres.

Cinematografia por Oliver Stapleton (“The Cider House Rules”), a produção concebida é de Patrizia von Brandenstein (Amadeus) e o guarda-roupa de Gabriella Pescucci (“The Age of Innocence”), ambas vencedoras de um Óscar.

Comentários