Frances, a artista inglesa que se celebrizou com “Grow”, estreia-se em Portugal com um concerto extra na programação do edpcooljazz 2016.

Frances, considerada pela crítica como “a nova Adele e como uma das mais rápidas estrelas em ascensão de 2016” – segundo comunicado da organização -, vai atuar nos Jardins do Marquês de Pombal (Oeiras) a 13 de julho, o segundo dia do edpcooljazz.

A jovem revelação inglesa que ganhou fama em terras lusas após a campanha comemorativa dos 40 anos da EDP, trará até Oeiras temas como “Borrowed Times” – composto em parceira com Howard Lawrence, da dupla Disclousure” – e “Don’t Worry About Me”, o seu mais recente single lançado em março deste ano.

“Grow” teve grande sucesso nas plataformas digitais, tendo alcançado o primeiro lugar nos tops do Shazam, iTunes e Spotify. Frances escreve e produz a sua própria música a qual “assenta em sonoridades exclusivas apoiadas pelo seu piano emotivo e letras profundas, que já lhe garantiu nomeações para o Brits Critics’ Choice e BBC Sound of 2016”, adianta a organização.

Nesta que é a 13ª edição do edpcooljazz, já estão confirmados Jill Scott, 1ª parte Charlie Wilson (12 de julho), The Cinematic Orchestra, 1ª parte Salvador Sobral (17 de julho), Seal, 1ª parte HMB (20 de julho) Stacey Kent, 1ª parte Marta Ren (21 de julho), Koop Oscar Orchestra + Nouvelle Vague (23 de julho), Omara Portuondo & Diego el Cigala / 85 Tour + Luís Represas com Paulo Flores – Mestiço (26 de julho) e Marisa Monte convida Carminho (27 de julho).

Comentários