Na abertura oficial da edição 2017 do Cine’Eco Seia, a longa metragem “Os Lobos”, de Rino Lupo, será musicada ao vivo pelo pianista Nicholas McNair.

Pianista e musicólogo, Nicholas McNair criou música ao vivo para mais de 150 filmes mudos, na Cinemateca Portuguesa (Lisboa), no Festival Internacional de Cannes, tendo colaborando ainda em inúmeros concertos e gravações com o Coro e Orquestra Gulbenkian. A ter lugar a 14 de outubro, pelas 21:30 horas no Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia, a sessão contará com a apresentação de Tiago Batista, da Cinemateca Portuguesa.

Baseado na peça homónima de Francisco Lage e João Correia de Oliveira (1920), Os Lobos acompanha Ruivo, marinheiro desterrado para a Serra por um crime passional. A chegada do forasteiro – que arrebata os corações femininos e desperta paixões – vem perturbar a pacata vida da aldeia rural e a tragédia adivinha-se.“Lobos do mar não devem subir às serras”, afirma a dada altura Gardunho, lobo da serra, num pronúncio de desgraça. Rodado entre 1922 e 1923, o filme contou com a participação de actores e figurantes não-profissionais, tendo sido a direcção de fotografia entregue a Artur Costa de Macedo que capta na perfeição as paisagens naturais e rurais da Serra da Estrela e as suas tradições.

O CineEco 2017, é organizado como habitualmente pelo município de Seia sendo este ano reforçado pela valorização dos recursos naturais preconizada pelo Festival iNATURE Serra da Estrela e que estará bem patente as atividades paralelas do Festival, como nas comemorações que antecedem a semana do CineEco.

O CineEco é um dos mais antigos festivais de cinema de ambiente do mundo e integra a Green Film Network, uma plataforma de 40 festivais, da qual é igualmente membro fundador.