A segunda edição do Festival de Fado Sevilha está de regresso à capital Andaluza com um cartaz de luxo. António Zambujo, Ana Moura e Cristina Branco são os nomes que atuarão no Teatro Lope de Vega.

António Zambujo será o responsável por abrir as hostes no próximo dia 08 de outubro, Ana Moura subirá ao palco do Teatro Lope de Vega dia 30 de novembro e Cristina Branco no dia 10 de dezembro. Tal como na edição anterior o Festival de Fado Sevilha, que este ano tem como tema “Fado e Outras Músicas”, contará com uma programação alargada que terá lugar no Consulado de Portugal, na capital andaluza, e que inclui  projeções de filmes e conferências com a temática do Fado, assim como a exposição “Estar com Paredes”, que permanecerá aberta até ao final do festival, dia 10 de dezembro.

O Festival de Fado nasceu em Madrid em 2011, coincidindo com a declaração da UNESCO do Fado como Património Imaterial da Humanidade, e tem como objetivo promover este estilo musical único no mundo além fronteiras, assim como levar a confirmar a cultura portuguesa no panorama internacional.

No que diz respeito às conferências, estas estarão a cargo de Rodrigo Costa Félix, um dos mais importantes  fadistas da sua geração. O seu último trabalho “Fados de Amor” foi reconhecido pela prestigiada Fundação Amália Rodrigues como o melhor disco de Fado de 2012. Ao painel junta-se a conferência  de Rui Vieira Nery sobre os “Inventores e reinventores do Fado”.

Em exibição estarão os filmes “Movimentos Perpétuos”, um documentário dividido em 17 “movimentos” que revela através de música e testemunhos uma homenagem à vida e obra do músico Carlos Paredes, e “Mísia a Voz do Fado”, um retrato da carreira da fadista Mísia. Este filme mostra o universo musical da artista, assim como a influência que a literatura e as belas artes tiveram no seu percurso.

Teatro Lope de Vega | 08 de outubro a 10 de dezembro

08 de outubro – António Zambujo – 20h30
30 de novembro – Ana Moura – 20h30
10 de dezembro – Cristina Branco – 20h30