O icónico músico britâncio David Bowie morreu este domingo, dia 10 de janeiro, aos 69 anos de idade depois de uma luta de 18 meses contra ao cancro.

Foi Duncan Jones, filho de David Bowie que deu a notícia ao mundo através do Facebook e do Twitter do músico, esta segunda-feira, dia 11 de janeiro, por volta das 6h30 da manhã:

“10 de Janeiro de 2016: David Bowie morreu tranquilamente hoje, rodeado pela sua família, após uma corajosa batalha contra o cancro durante 18 meses. Muitos de vós partilham esta perda, mas pedimos que respeitem a privacidade da família durante o tempo de luto”.
David Bowie, que é uma das maiores celebridades de sempre da cultura pop, lançou “BlackStar“, o seu 25º disco na passada sexta-feira, dia 8, no mesmo dia em que celebrou o seu aniversário.

Nascido em Londres a 8 de janeiro de 1947, David Jones, nome que o mudou 19 anos depois por causa do sucesso de um outro David Jones, foi em 1967 que lançou ao mundo o seu primeiro trabalho: “David Bowie“.

A partir daí já se antevia que a carreira não ia por certo se curta e a verdade é que não foi mesmo. Com um total de 26 discos de estúdio, dos quais dois com os Tin Machine, nove álbuns ao vivo, três bandas sonoras, mais de uma centena de singles e muitos EP.