Depois da estreia no Jameson Urban Routes, BATOU MATOU mudam-se de vez para o Musicbox e iniciam dia 30 de novembro uma residência mensal.

Foi simples a decisão de transformar esta missiva em noite regular onde todos os meses os tambores de BATEU MATOU marcam presença no Cais do Sodré para fazer as paredes do Musicbox suar. Das 00:30 às 06:00 o baile faz-se com sets de percurssão ao vivo intercalados com dj sets convidados. Seis horas de Tambores, Bass e Suor.

Mais que uma ideia, é uma vontade – uma vontade de transformar o pulso do Global Bass e a forma como Lisboa se mexe numa banda de baile novo. É tão simples como isso, a força percussiva que se cria quando RIOT (Buraka Som Sistema), Ivo Costa (BATIDA, Sara Tavares) e Quim Albergaria (PAUS) se juntam tem um e apenas um objectivo – fazer dançar.

Dia 30 de novembro a dupla de tempestades tropicais formada por KKiNG KONG e Progressivu. os De Surra vão ser os aliados da primeira noite BATEU MATOU.

Comentários