A obra “Lux”, a única curta-metragem académica portuguesa selecionada para a edição deste ano do festival de Cannes, foi a grande vencedora do Ymotion – Concurso e Mostra de Cinema Jovem, cujos premiados foram conhecidos no passado sábado à noite, em Vila Nova de Famalicão.

Para além do principal prémio do festival – o “Grande Prémio Joaquim de Almeida” – a curta-metragem dos jovens cineastas Bernardo Lopes e Inês Malveiro, que retrata o desespero de um escritor à procura de inspiração para a sua escrita, arrecadou ainda o galardão de “Melhor Banda Sonora Original” e “Melhor Direção de Fotografia”.

Para Bernardo Lopes, finalista do curso de Cinema da Universidade Lusófona de Lisboa, este é um reconhecimento “importante e motivador”. Satisfeito por sair de Famalicão com três prémios na mão, o realizador elogiou ainda a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e a Casa da Juventude do município pela realização do festival. “Infelizmente os apoios não são muitos e para nós, enquanto futuros profissionais da área, festivais como o Ymotion são o melhor alimento que podemos ter nesta altura”, disse.

Satisfeito estava também o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que não escondeu o agrado por ver que nesta sua segunda edição, o Ymotion voltou a reunir trabalhos de grande qualidade, oriundos de vários pontos do país. “É um sinal da adequação do projeto, que nasceu no concelho de Vila Nova de Famalicão, mas que de ano para ano vai reforçando a sua dimensão nacional”.

Na plateia e a assistir à gala final do Ymotion estavam alguns dos jurados do concurso, como o argumentista Tiago Santos e o produtor Vasco Josué. A noite ficou também marcada pela atuação de Jorge Palma, que num curto apontamento musical recordou alguns dos temas mais marcantes da sua carreira.

“Pronto era assim” de Patrícia Rodrigues e Joana Nogueira venceu nas categorias de “Melhor Curta de Animação” e “Melhor Realização”; “Alice” de Bárbara Araújo arrecadou o prémio de “Melhor Argumento” e a curta “Livre” valeu a Pedro Nogueira o “Prémio Público” e o “Prémio Escolas”.

Refira-se que o Ymotion é dirigido aos jovens entre os 12 e os 35 anos,  procurando promover a criação, produção e divulgação do cinema jovem português e fomentar sinergias entre escolas secundárias e instituições de ensino superior.

Comentários