Este será um fado especial, não do desencontro, mas do encontro de Tim – figura maior da nossa música – com as gentes do Porto: a 3 de novembro, o homem que também é vocalista dos Xutos & Pontapés levará até ao Coliseu da Invicta as canções que gravou ao vivo no festival O Sol da Caparica e que já mereceram edição em CD e DVD.

 Tim é um dos grandes autores da música popular urbana portuguesa. Através dos Xutos deu inúmeras pérolas ao nosso imaginário coletivo, temas maiores como “Contentores” ou “Remar Remar” que funcionaram como aquela cola que une gerações e faz erguer certas canções à condição de hinos.

Com projetos como Resistência ou Rio Grande, Tim ajudou a provar que as grandes canções se tornam ainda maiores quando a elas se juntam mais vozes, mais corações, mesmo que se lhes retire o brilho elétrico reduzindo-as à sua alma acústica. Uma grande canção, é uma grande canção!

O álbum que Tim gravou n’O Sol da Caparica está cheio dessas grandes canções: de “Por Quem Não Esqueci” a “Lisboa”, de “Último Barco” a “A Estrada”: são temas que falam das grandes questões da vida, das amizades, de partir e chegar, das viagens que todos temos que fazer para nos encontrarmos.

São essas as canções que Tim promete, uma vez mais, celebrar, num concerto singular no Porto, rodeado de grandes músicos: Fred Ferreira, Gabriel Gomes, Moz Carrapa, Fernando Júdice e João Cardoso. Companheiros de aventuras e de estrada, de palcos e de canções. Como todos nós.

Os bilhetes já se encontram à venda.

Comentários