Depois do sucesso da primeira edição, o Fresh Street#2 volta a abrir perspetivas, a estabelecer contactos e a celebrar as Artes de Rua. A segunda edição do evento acontece de 24 a 26 de maio em Santa Maria da Feira.

A primeira edição do Fresh Street em 2015 em Espanha, contou com mais de 300 profissionais vindos de 30 países, superando as expectativas. Assim sendo, e depois de disputar a segunda edição do evento com cidades como Hull (Inglaterra) e Paris (França), Santa Maria da Feira acolhe o Seminário Internacional para o Desenvolvimento das Artes de Rua em maio do ano que vem, o que irá alargar os horizontes.

Esta quarta-feira, dia 8, foi apresentado o pré-programa para 2017 que já conta com 18 países confirmados (Alemanha, Brasil, Bélgica, Cabo Verde, Coreia do Sul, Dinamarca, Espanha, Egipto, Estados Unidos da América, França, Holanda, Hungria, Irlanda, Israel, Macau, Polónia, Portugal e Reino Unido), 55 oradores e 450 participantes.

O Fresh Street#2 representa uma oportunidade para os participantes internacionais conhecerem o setor em Portugal, através de um programa artístico paralelo e do festival Imaginarius, ao contactarem diretamente com os stakeholders nacionais, potenciando assim a dinâmica emergente de Portugal à escala europeia.

Durante três dias haverá 21 sessões das quais 3 plenárias, 3 de foco regional, 1 de debate, 6 sessões “tailor”– que serão repetidas noutro dia, perfazendo assim um total de 12 sessões “tailor” -, uma sessão inaugural e ainda as conclusões do evento. O programa será ainda complementado com performances artísticas direcionadas para a criação artística portuguesa para o espaço público.

O Seminário Internacional para o Desenvolvimento das Artes de Rua irá dar origem a um documento público onde poderá ser revisto o “estado da arte do setor e a sua estratégia de futuro”, adiantou Bruno Costa, diretor criativo do Imaginarius.

Emídio Sousa, presidente da Câmara Municipal, apelidou o Fresh Street de “Web Summit das indústrias criativas”, devido ao número de players internacionais que irão participar neste evento e Gil Ferreira, vereador da Cultura do município, contextualiza esta comparação na medida em que, o grau de importância deste seminário para o Norte e restante país é semelhante à que o evento a decorrer em Lisboa tem para Portugal.

A participação no FS#2 é gratuita mas é necessário efetuar um registo prévio através do website da Circostrada, e as inscrições arrancam já na próxima semana. O restante programa será divulgado em março de 2017.

Comentários