Está aqui!
Home > Destaques > Record Store Day: Discos portugueses editados pela primeira vez em vinil

Record Store Day: Discos portugueses editados pela primeira vez em vinil

Record Store Day
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

A propósito da 9ª edição do Record Store Day serão editados pela primeira vez em vinil um conjunto de álbuns de artistas portugueses, já bastante reconhecidos pelo seu trabalho. Álbuns de Deolinda, Jorge Palma, Maria João & Mário Laginha, Pop Dell’ Arte e David Fonseca ganham nova edição.

É neste sábado, dia 16 de abril, que se assinala o Record Store Day e, durante o qual se celebrarão as lojas de discos independentes e a sua cultura.

“Só”, álbum que Jorge Palma editou em 1991 e no qual revisitou temas seus antigos, a solo e ao piano, “sem rede” e numa abordagem intimista, é destes discos que agora chega ao formato vinil.

“Sex Symbol”, terceiro álbum dos Pop Dell’Arte, lançado em 1995, é também um trabalho marcante das últimas décadas da música nacional. Conta com canções como “My Funny Ana Lana” ou “Poppa Mundi”, além de colaborações de Sei Miguel, Fala Mariam e Ricardo Camacho. O grupo vai interpretar este álbum na íntegra no próximo dia 22, no Titanic Sur Mer, em Lisboa, com a formação que então gravou o disco.

“Lobos, Raposas e Coiotes”, outro disco marcante da música portuguesa dos anos 1990 e um dos trabalhos mais importantes da discografia de Maria João & Mário Laginha, será também editado em vinil. Neste álbum, lançado originalmente em 1999, o duo contou com a participação da Orquestra Filarmónica de Hannover.

discos_1

Será ainda editado em vinil o primeiro álbum a solo de David Fonseca, “Sing Me Something New”, que inclui singles de sucesso como “Someone That Cannot Love” ou “The 80s”.

Mais recente é “Outras Histórias”, quarto álbum de estúdio dos Deolinda, que inclui o single “Corzinha de Verão”. O disco esteve quatro semanas consecutivas em primeiro lugar do top nacional de vendas e conta com colaborações de Manel Cruz (em “Desavindos”), Riot (em “A Velha e o DJ”), e da Orquestra Sinfonietta de Lisboa, dirigida pelo maestro Vasco Pearce de Azevedo.

discos_2

Em destaque no Record Store Day estarão ainda algumas das mais recentes edições em vinil da Universal Music Portugal. É o caso de “Moura”, o mais recente álbum de Ana Moura, produzido por Larry Klein, que já atingiu a marca de platina. Destaque ainda para “o retiro”, de Rodrigo Leão, também disponível em vinil. Este é um dos projetos mais especiais do percurso do músico, concretizando uma colaboração com o Coro e Orquestra da Gulbenkian, além do disco ter sido editado com o selo da prestigiada Deutsche Grammophon. Também estará em destaque neste Record Store Day a edição em vinil de “Mitra”, novo álbum dos PAUS, muito aplaudido pela imprensa nacional e do qual foi retirado o single “Pela Boca”.

Comentários
Top

Este site utiliza cookies próprios e da Google para personalizar conteúdo e anúncios, funcionalidades de redes sociais e análise de tráfego. A informação contida nestes cookies pode ser partilhada com os nossos parceiros fornecedores das funcionalidades descritas atrás. Ao navegar neste site, estará a consentir a utilização destes cookies. Saiba mais sobre o uso de cookies.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

X