Está aqui!
Home > Philo Arte > Que a força ‘Steja contigo

Que a força ‘Steja contigo

Star Wars PhiloArte
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

O final de 2015 foi assolado por uma febre – daquelas mesmo febris – em torno do novo filme da saga Star Wars. O novo que é o último, mas que fala do princípio? Confesso que não sei. Pertenço àquela franja mínima de pessoas humanas que nunca viu ou teve especial interesse pela saga Star Wars e que, por vezes, confunde Star Wars com Star Trek.

Ainda assim, era impossível fugir ao tópico: no twitter, no facebook, no instagram, nas montras de algumas lojas… a omnipresença das personagens Star Wars revelou-se efectivamente presente. Fazia falta um livro “Star Wars para totós” ou “Star Wars em 90 minutos”. Ou até um grupo de auto-ajuda para pessoas como eu.

Admito. Sei cantarolar o tan tan tan tan ran tan tan ran tan tan ran. Mas note-se: eu até sei, de cor, as músicas dos Excesso. Ou do Demis Roussos. Já para não falar dos ABBA. Ou até do Enrique Iglesias que, quanto a mim, servia perfeitamente para hino do grupo de ‘Ssoas que não foram afectadas pela força recentemente desperta. A saber:

Com seu físico e sua química também sua anatomia
Cerveja e tequila e sua boca com a minha
Não aguento mais
Não aguento mais
Com esta melodia, esta minha fantasia
Com tua filosofia a minha mente está vazia
Não aguento mais
Não aguento mais

Eu quero STAR CONTIGO
Viver contigo, dançar contigo
E ter contigo uma noite louca (uma noite louca)
E beijar tua boca

Havia muito a dizer sobre esta letra, que introduz até a temática filosófica do vazio. Afinal, o Enrique Iglesias também mora na filosofia – e garanto-vos que se eu descobrisse qual era a rua dele, colocava em prática o Bailando na sua companhia. Oh se praticava.

Mas não temos tempo. Há toda uma saga Star Wars para ver, com direito a sabres de luz, pequenos Jedis, grandes Darth Vader, Obi Wan Kenobis e Skyalkers desta vida e caras de Chewbacca.

O facto é que a força está desperta e ‘Stá com muitos de vós. Vejamos a análise Social Bakers sobre as tags mais usadas no twitter, aqui ou os números IMDB sobre os resultados de bilheteira – também disponíveis neste site.

* imagem gentilmente cedida pela Carlota Burnay

Comentários
Top

Este site utiliza cookies próprios e da Google para personalizar conteúdo e anúncios, funcionalidades de redes sociais e análise de tráfego. A informação contida nestes cookies pode ser partilhada com os nossos parceiros fornecedores das funcionalidades descritas atrás. Ao navegar neste site, estará a consentir a utilização destes cookies. Saiba mais sobre o uso de cookies.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

X