Está aqui!
Home > Destaques > Programação Tarkovsky abre com exposição de fotografias e desenhos inéditos

Programação Tarkovsky abre com exposição de fotografias e desenhos inéditos

Tarkovsky
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Para além da exibição integral da obra de Andrei Tarkovsky, o Espaço Nimas vai inaugurar uma exposição com reproduções fac-símile de desenhos de guarda-roupa e fotografias inéditas da rodagem de filmes que o cineasta russo filmou na década de 70.

A Programação Tarkovsky inicia-se a 11 de fevereiro e a partir desta data vai ser possível conhecer alguns exemplos do arquivo extenso de Nelli Fomina, o responsável pelo guarda-roupa de vários filmes do cineasta russo. Parte deste arquivo integrou recentemente a exposição “Mirrors – Projects of the Andrei Tarkovsky International Film Festival”, no Museum of Modern Art de Moscovo, na Rússia.

Nelli Fomina desenhou e criou o guarda-roupa de três dos mais emblemáticos filmes de TARKOVSKYSOLARIS (1972), O ESPELHO (1974) e STALKER (1979) – tendo também mantido uma relação de amizade com o realizador ao longo da sua vida. Os desenhos do guarda-roupa criados para as personagens destas três obras, assim como as fotografias inéditas de rodagem capturadas por NELLI FOMINA, que são reproduzidos nesta exposição fazem parte da obra Nelli Fomina. Costumes for the Films of Andrei Tarkovsky, editado pela Cygnnet.

A exposição é uma oportunidade de entrar numa área relativamente desconhecida do universo criativo do realizador de ANDREI RUBLEV para quem – como Fomina revela, era necessário aplicar “o mais alto dos padrões” mesmo em “detalhes tão pequenos como botões”. “O guarda-roupa que podem ver nos filmes Solaris, O Espelho e Stalker, é fruto de discussões que tive com Tarkovsky. Ele dava uma grande importância à criação do guarda-roupa e aos seus detalhes para a criação da imagem de cada personagem: para ele as roupas diziam muito ao público sobre a personagem e o seu estado emocional”, explica NELLI FOMINA no seu livro.

Para ANDREI TARKOVSKY, o guarda-roupa era um dos elementos mais importantes de um filme: “O guarda-roupa é uma parte muito importante da apresentação artística de um filme. É muito importante ter um grande nível de sensibilidade em relação à textura. (…) Tudo deve resultar de um pensamento e selecção extremamente cuidadosos. Um guarda-roupa, como qualquer outro elemento num filme, deve ter uma vida própria, ligada a uma pessoa específica, a um actor específico. Isso pode sempre ser visto, porque o guarda-roupa é como qualquer outro aspecto da realidade – muda com o tempo, como qualquer outra coisa.”

O ciclo dedicado a ANDREI TARKOVSKY terá início já na próxima quinta-feira, 11 de Fevereiro, no ESPAÇO NIMAS (Lisboa) e TM CAMPO ALEGRE (Porto). A programação completa já está disponível, e pode ser consultada aqui (Lisboa) e aqui (Porto).

Comentários
Top

Este site utiliza cookies próprios e da Google para personalizar conteúdo e anúncios, funcionalidades de redes sociais e análise de tráfego. A informação contida nestes cookies pode ser partilhada com os nossos parceiros fornecedores das funcionalidades descritas atrás. Ao navegar neste site, estará a consentir a utilização destes cookies. Saiba mais sobre o uso de cookies.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

X