Está aqui!
Home > Música > Concertos > Póvoa de Varzim recebe M.A.R. – Movimento Artístico em Rede

Póvoa de Varzim recebe M.A.R. – Movimento Artístico em Rede

M.A.R.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

O Cine-Teatro Garrett vai receber, a 8 de dezembro, o M.A.R. – Movimento Artístico em Rede. São oito propostas musicais provenientes de várias latitudes e com linguagens artísticas bem distintas.

Pela primeira vez, Portugal recebe um evento que resulta totalmente da cooperação entre diversas agências ibéricas, e que é composto por oito propostas musicais provenientes de várias latitudes e com linguagens artísticas bem distintas. Chama-se M.A.R. – Movimento Artístico em Rede e terá lugar dia 08 de Dezembro, sexta-feira, no Cine-Teatro Garret na Póvoa de Varzim.

Os concertos distribuem-se pelo Grande Auditório, Café Concerto e Sala de Ensaios do Teatro, e como sexta-feira é dia de feriado nacional, o primeiro espetáculo tem início logo às 18h00 com os portugueses Fado Violado.

Partem da tradição, mas o seu cunho ibérico leva-os a transformar e recriar o fado, dando-lhe a densidade e as cores do Flamenco, obviamente sem esquecer a mágica e melancólica Lisboa. À voz de Ana Pinhal e à viola de Francisco Almeida, são somados músicos e instrumentos ao vivo.

Logo depois, às 19h00, sobe ao palco do Café-Concerto, Ida Susal natural das Ihas Canárias. O seu estilo denominado “Mestizaje de Autor” apresenta-nos um repertório repleto de cumbia, reggae, ritmos cubanos e brasileiros, e ainda música popular das canárias. É esperada até ao final do ano a edição do seu segundo álbum que consistirá num CD + livro + DVD + áudio livro descritivo sendo por isso uma obra multidisplicinar, integradora e interativa.

Às 20h00, o Grande Auditório é dominado pelos galegos Sumrrá. Com 15 anos de carreira e cinco discos editados, o trio é considerado uma das novas referências do jazz contemporâneo, com tournées realizadas nos quatro continentes. Terá sido o contato com todas essas cidades que os levaria a inspirarem-se para o seu quinto disco de originais, editado o ano passado.

Segue-se o muti-instrumentista, compositor e poeta Mû Mbana, natural da Ilha de Bolama, na Guiné-Bissau. A maturidade da sua música e os instru¬mentos que o acompanham são como um reflexo material da sua alma de músico e artista, em cuja carreira se contabilizam mais de 10 discos editados e centenas de palcos pisados em toda a Europa, África e América.

De volta ao Grande Auditório, pelas 22h00, Guadi Galego, uma das artistas mais relevantes da cena musical galega. Com três discos de originais editados a solo, Guadi tem uma trajetória musical muito intensa e rica, tendo sido a voz principal e uma das gaiteras do famoso grupo Berrogüetto. Atualmente apresenta-se a solo num registo mais contemporâneo.

Uma hora mais tarde, pelas 23h00, Davide Salvado que se tem dedicado, nos últimos anos, à recolha dos ritmos e danças mais ancestrais num périplo pelas aldeias galegas. O músico vem apresentar-nos o seu disco a solo “Lobos” que nos mostra uma Galiza pura e selvagem.

Quase a terminar, os embaixadores transmontanos Galandum Galundaina. Com espetáculo marcado para as 00h00, os quatro elementos apresentam um repertório vocal e instrumental na herança do cancioneiro tradicional das Terras de Miranda, onde as harmonias vocais e o ritmo das percussões nos transportam para um universo atemporal.

A primeira edição do M.A.R. termina ao som dos entusiastas Forró Miór, destacados pelo jornal francês Le Monde como “uma das mais inspiradoras e frescas bandas do género”. Partem do forró brasileiro mas daí mesclam-no com outras influências musicais como a cumbia, a milonga, o swing, o samba e o jazz latino. Um boost contagiante de energia e dança à qual não vais querer faltar.

O passe geral que dá acesso a todos os concertos custa 15€, enquanto que o bilhete individual – válido para um dos espetáculos do Grande Auditório e todos os concertos do Café-Concerto e Sala de Ensaios – tem um custo de 10€, sempre sujeito à lotação dos espaços. Os bilhetes estão à venda nos locais habituais e na própria bilheteira do Teatro Almeida Garret.
Mais informações sobre a primeira edição do M.A.R. – Movimento Artístico em Rede podem ser encontradas em www.movimentoartisticoemrede.com

ALINHAMENTO

Grande Auditório | 18h00 » 18h50 » Fado Violado
Café Concerto | 19h00 » 19h50 » Ida Susal
Grande Auditório | 20H00 » 20h50 » Summrá
Sala de Ensaios | 21h00 » 21h50 » Mû Mbana
Grande Auditório | 22h00 » 22h50 » Gaudi Galego
Café Concerto | 23h00 » 23h50 » Davide Salvado
Grande Auditório | 00h00 » 00h50 » Galandum Galundaina
Café Concerto | 01h00 » 01h50 » Forró Mior

Comentários
Top

Este site utiliza cookies próprios e da Google para personalizar conteúdo e anúncios, funcionalidades de redes sociais e análise de tráfego. A informação contida nestes cookies pode ser partilhada com os nossos parceiros fornecedores das funcionalidades descritas atrás. Ao navegar neste site, estará a consentir a utilização destes cookies. Saiba mais sobre o uso de cookies.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

X