Os amores de Mozart e Debussy no piano de Fausto Neves chega ao Teatro Municipal de Matosinhos-Constantino Nery, esta sexta-feira, dia 27 de outubro.

Considerada uma das mais importantes sonatas de Wofgang Amadeus Mozart, a “Fantasia em Dó menor KV 475” foi dedicada pelo compositor a uma mulher casada, Therese von Trattner, da qual afirma ser “um humilde criado”. Trata-se de uma obra poderosa e que constitui, com a “Sonata” também dedicada a Therese, um verdadeiro romance para piano: exaltado, tremendo, sombrio e imenso. Nunca se soube ao certo, porém, se a senhora von Trattner, casada com o editor musical Johann Thomas von Trattner, foi para o génio austríaco mais do que uma aluna de piano particularmente talentosa. E bela.

Obra-prima de Mozart para piano, a “Fantasia” terá honras de abertura do recital que o pianista Fausto Neves protagonizará na sexta-feira, 27 de outubro, pelas 21h30, no Teatro Municipal de Matosinhos-Constantino Nery, integrado na Temporada de Música Clássica 2017.

Após o dramatismo romântico de Mozart, o concerto prosseguirá com a jovialidade de “Sonata nº 2 em Ré menor op.14”, de Serguei Prokofiev. A primeira parte do recital terminará com a peça “Música Festiva op. 153 nº23”, composta por Fernando Lopes-Graça no penúltimo ano da sua vida e dedicada ao antigo líder do PCP, Álvaro Cunhal.

A segunda parte do concerto daquele que é um dos mais conceituados pianistas nacionais será dedicada a dois nomes grandes da música erudita francesa. Abrirá com a sentimentalidade nostálgica e o sentido de pundonor de um conjunto de valsas de Maurice Ravel, culminando com os “Prelúdios” VII e VIII de Claude Debussy e com o ambiente luminoso e o arrebatamento da sua “L’Isle Joyeuse”, composta em 1904. Por simples coincidência, ou talvez não, a “ilha feliz” desta composição será simultaneamente a de Citera, no Mediterrâneo, lugar de nascimento de Vénus, a deusa do amor, e a de Jersey, no Canal da Mancha, para onde Debussy fugiu com a cantora francesa Emma Bardac, que se tornaria a segunda mulher do compositor.

O espetáculo tem início marcado para as 21h30 e os bilhetes têm o custo único de 7,50€.

Comentários