Está aqui!
Home > Música > Festivais > NOS Primavera Sound 2017 arranca com uma “Carga de Ombro” carregada de Cigarettes After Sex

NOS Primavera Sound 2017 arranca com uma “Carga de Ombro” carregada de Cigarettes After Sex

Primavera
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

O NOS Primavera Sound arrancou esta quinta-feira, 8 de junho, com a “Carga de Ombro” de Samuel Úria no Palco Super Bock e Cigarettes After Sex no Palco NOS.

Às 17h em ponto – nem mais nem menos minuto – estava aberta oficialmente a época NOS Primavera Sound com Samuel Úria a dar o pontapé de saída. Com a “corda na garganta afinada em dó” e com volta ao “Lenço Enxuto”, estávamos n'”Os Lábios de Amália” com mensagens, observações e, quiçá, um “apontar o dedo” através dos versos que nos cantava. Este foi, sem dúvida, o concerto que marcou o público não só por ser o primeiro mas por ser diferente de tudo o que viria a seguir.3

Cabeças enfeitadas com coroas de flores, toalhas axadrezadas em tons de amarelo ora espalhadas pela relva ora numa “Carga de Ombros” que deixam passar em branco um ou outro momento menos bom de Úria. Se isso os preocupou? Não. Com uma espécie de Rei do Rock N’Roll que sabe mandar os recadinhos de uma forma tão eclética e que toca  lá na ferida de muitos subtilmente, para além de nos dar boas melodias, não tínhamos muito tempo para estar a apontar o dedo. Apreciar, foi o que muitos estavam lá a fazer e fizeram-no bem.

Para acederes à galeria completa clica aqui.

Findo espetáculo no Palco Super Bock, estava na altura das atenções se virarem e centrarem no palco principal, situado mesmo ao lado. Pouco antes das 18h, Cigarettes After Sex dão início à sua atuação em mais do que 50 tons de cinza. As primeiras filas estavam a vibrar, estavam a deixar-se levar pelas canções melancólicas dos texanos que trouxeram ao Parque da Cidade o verdadeiro espírito sonhador.

Foi tudo pensado: elementos dispostos em linha reta, projeções a preto e branco como pano de fundo e a vontade de nos fazer viajar. É verdade que os Cigarettes After Sex são tudo menos explosivos mas, à sua maneira, conseguem mexer connosco e levar-nos a entrar numa espécie de transe. Pareciam destinados a partir-nos o coração em mil bocadinhos mesmo ali e ainda para mais em plena luz do dia. Ninguém se pareceu importar e, single após single, foram fazendo as delícias do público.

Samuel Úria e Cigarettes After Sex fizeram as honras da casa e deram as boas-vindas aos festivaleiros. Se foi um bom cartão de visita? Sem sombra de dúvida.

Para acederes à galeria completa clica aqui.


Texto: Mónica Ferreira

Fotografias: Bruno Ferreira

Comentários
Top

Este site utiliza cookies próprios e da Google para personalizar conteúdo e anúncios, funcionalidades de redes sociais e análise de tráfego. A informação contida nestes cookies pode ser partilhada com os nossos parceiros fornecedores das funcionalidades descritas atrás. Ao navegar neste site, estará a consentir a utilização destes cookies. Saiba mais sobre o uso de cookies.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

X