Lemmy Kilmister, o vocalista e fundador dos Motörhead, morreu esta segunda-feira, dia 28 de dezembro, aos 70 anos vítima de um “cancro extremamente agressivo”. A notícia foi dada pela banda nesta madrugada através da sua página do facebook. Lemmy morreu na sua casa enquanto jogava um dos seus jogos de computadores favoritos.

A banda de heavy metal anunciou na madrugada desta terça-feira, dia 29 de dezembro, através da sua página do Facebook a morte de Lemmy, onde mencionaram apenas que havia sido vítima de um cancro mas não foi especificado o seu tipo, e que partiu na sua casa enquanto jogava uma dos seus jogos de computador preferidos.

Ian Frauser Kilmister, conhecido por Lemmy, iniciou o seu percurso no rock na década de 60, sendo roadie da lenda Jimmy Hendrix mas, foi quando entrou em Hawkwind, uma banda de rock psicadélico, que começou a construir toda uma carreira no heavy metal. Foi expulso pouco tempo depois, pois supostamente havia sido detido por posse de anfetaminas no Canadá e em 1975, cria aquela que seria uma das bandas mais lendárias dos últimos 40 an0s: os Motörhead.

Várias celebridades já publicaram diversas mensagens de pesar e tristeza e um dos primeiros foi Ozzy Osbourne, que inclusive diz que perdeu um dos seus melhores amigos. Acrescentou ainda que “Ele vai, tristemente, fazer falta. Vemo-nos do outro lado“.

A banda pediu aos fãs para que ouvissem a música de Lemmy com o volume bem alto, que bebessem um ou mais copos em sua honra assim como partilhassem histórias ao mesmo tempo que celebram a vida “deste homem amável e maravilhoso, que ele próprio a viveu tão vibrantemente”, pois seria o que ele quereria.

Comentários