Está aqui!
Home > Exposições > “Mitos & Monstros”: Uma viagem assustadora

“Mitos & Monstros”: Uma viagem assustadora

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

O Palácio da Bolsa acolhe a exposição “Mitos & Monstros” desde o passado dia 7 e conta já com cerca de dois mil visitantes.

A ideia de trazer a “Mitos & Monstros” para Portugal deu-se quando o diretor da Associação Comercial do Porto fez uma viagem até ao Reino Unido e visitou esta mesma exposição no Museu de História Natural de Londres.

O público entra calmo, um pouco reticente sem saber o que está por detrás das cortinas negras que deixam apenas trespassar grunhidos e sons estranhos. Depois de atravessar o manto negro, entramos num mundo reinado por mito e sonho.

Num ambiente sombrio, escuro, onde temos apenas pequenos focos de luz a descobrirem-nos as terríveis bestas que fizeram do Palácio da Bolsa a sua casa por três meses, ouvem-se sons estranhos e sente-se movimentos. As figuras animadas, fazem-nos entrar num mundo repleto de suspense e despertam-nos a curiosidade sobre os demais monstros ali representados. Cada modelo encontra-se acompanhado de uma breve explicação mitológica, histórica e científica levando-nos a embarcar numa viagem pelo desconhecido.

Logo à entrada, temos uma simpática Quimera, uma figura composta por três animais, que nos rosna como se nos tivesse a dar as boas vindas. Em frente, temos o Unicórnio, portador do corno curador, apoiado apenas nas patas traseiras que, com o seu relinchar, nos entusiasma e nos faz querer saber o que vem lá.

As Unhas do Diabo encontram-se também representadas e mesmo do outro lado vemos um crânio de grande escala que depois nos apercebemos que pertence ao Unicórnio, por razões óbvias.

Continuando nesta viagem pelo mundo da fantasia, damos de caras com o Yeti, o Abominável Homem das Neves, em grande escala que nos segue com o seu olhar e nos amedronta com o seu rugir de bastão em punho. Do outro lado, podemos ver o seu escalpe que foi descoberto na década de 60 por Sir Edmund Hillary.

Segue-se a reprodução do Monstro do Lock Ness, mas uma reprodução apenas sonora, o que nos faz ficar ainda mais curiosos sobre o aspeto deste terrível monstro que dizem habitar o lago. Tentando procurar uma possível imagem, ou quiçá uma fotografia encontrada algures em escavações, depressa nos apercebemos que não vamos “matar a curiosidade” para além de uma ilustração de como se idealiza o monstro do Lock Ness.

Já quase no fim da exposição, temos um grande Dragão, representado com realismo e com um tamanho fascinante, com cara de poucos amigos. Quiçá porque está a dormir e nós o acordámos? Nesta figura, consegue-se ver a sua respiração, mexe inclusive uma unha e ainda nos olha nos olhos e nos abre a sua grande boca mas apenas para nos rosnar. Curioso é que, para além de estarmos na cidade que alberga o Estádio do Dragão, a própria figura nesta exposição, encontra-se sobre um mosaico que tem a ilustração de um dragão.

Por fim, temos o terrível Ciclope, o monstro de um olho apenas, que nos olha e ruge, assim um pouco para o verde, mas com o seu “Q” de assustador. Este monstro encontra-se a desfrutar de uma bela refeição que, por acaso, é composta por uma perna aparentemente de um veado.

À porta, como que para nos desejar um “voltem sempre”, temos uma representação de um extraterrestre. Não, não é em nada parecido com o simpático ET do filme de Steven Spielberg, até pelo contrário. É semelhante às reproduções que são utilizadas em filmes mais recentes que muitas vezes, devido aos dados e factos científicas, nos fazem pensar se realmente existem.

A exposição “Mitos & Monstros” vai estar presente no Palácio da Bolsa, mesmo no coração da Invicta até ao início do próximo ano.

Comentários
Top

Este site utiliza cookies próprios e da Google para personalizar conteúdo e anúncios, funcionalidades de redes sociais e análise de tráfego. A informação contida nestes cookies pode ser partilhada com os nossos parceiros fornecedores das funcionalidades descritas atrás. Ao navegar neste site, estará a consentir a utilização destes cookies. Saiba mais sobre o uso de cookies.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

X