Foi confirmado esta noite mais uma edição do MEO Marés Vivas. O festival está de volta a Vila Nova de Gaia no fim de semana de 20 de julho.

A organização confirmou este domingo que o Marés Vivas torna a acontecer em 2018 com o apoio da MEO. Quanto às datas ainda não se sabe ao certo porque ainda está em cima de mesa se será de quinta-feira a sábado ou de sexta-feira a domingo, visto que este ano esta escolha de datas foi bem sucedida.

Outra coisa que irá haver na edição de 2018 serão as condições para pessoas com mobilidade reduzida, como já aconteceu este ano. Foram criadas plataformas e sinalizações para pessoas com incapacidade por forma a proporcionar uma nova experiência num festival.

Quanto ao local onde se irá realizar, Eduardo Vitor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia (CMVNG), adiante que será “num sítio tão idílico como este, senão puder ser este”.  A 15ª edição do festival contou com o segundo e terceiro dia esgotado e no primeiro dia acolheu cerca de 24 mil pessoas.

Segundo o presidente da CMVNG, o Marés Vivas precisa crescer mais e a aposta passa por encontrar um sítio que consiga albergar mais pessoas até porque Gaia tem “15 km de mar, 17 de zona ribeirinha, pelo que não será difícil encontrar um sítio idílico como este”.

Para a organização é um orgulho o festival ser o mais barato do circuito europeu o que proporciona a muita gente o acesso a espetáculos de artistas de renome internacional a preços muito competitivos.

Durante três dias a Praia do Cabedelo foi o palco de diversão e boa música para cerca de 74 mil pessoas.

Comentários