Está aqui!
Home > Destaques > “Menino de Outro” é o novo disco de TNT

“Menino de Outro” é o novo disco de TNT

TNT
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Há um menino de ouro e um rei dos gazeteiros nas nossas memórias cinematográficas dos anos 80 e encontrar essas referências no alinhamento do novo álbum de TNT só confirma o seu estatuto de veterano. O homem forte da Mano a Mano tem construído um singular percurso no muito povoado território do hip hop nacional, mas nunca abdicou da sua própria bagagem nessa viagem.

Esta vida de rimas, no caso de TNT, recua 20 anos, até 1997, quando nas ruas de Almada começou a experimentar cadenciar palavras em cima de batidas como parte dos lendários M.A.C. que lançaram dois álbuns – em 2005 e 2012. O mais recente dos trabalhos de M.A.C., Muito a Contar, foi também o álbum que marcou o arranque da discografia da Mano a Mano, aventura editorial que TNT comanda e que tem imposto uma visão muito personalizada do hip hop com o lançamento de trabalhos marcantes de Blasph, Nerve, Tom ou ainda Blasph com Beware Jack. TNT não se limita a agir em nome próprio: ele é um dos que faz acontecer agarrando-se ao que acredita da única forma possível – com unhas e dentes.

A popular expressão que se aplica a quem não desarma, a quem está convicto do que quer, serviu para título da estreia a solo de TNT: Unhas e Dentes saiu naturalmente com carimbo da Mano a Mano e com o “pormenor” extra de ter sido todo gravado e misturado pelo experiente Pedro Quaresma, homem que fez nome dos Da Weasel e que hoje também sobe ao palco com TNT quando a sua música ganha reforço humano e se apresenta em contexto de banda.

Agora, está aí Menino de Ouro. TNT usou o arranque da discografia de Kanye West – os álbuns College Dropout e Late Registration – como referência para as suas próprias explorações da memória: as experiências formativas da personalidade, entre a casa, a rua e a escola, entre Almada e os sonhos que se projectavam para fora. Tudo isso inunda temas como “Check In” ou “Rei dos Gazeteiros”, como “Pro Bono” ou “Menino de Ouro”, como “MS Pride”.

É TNT quem descodifica o título: “A expressão “Menino de Ouro” reflecte o meu crescimento e as dificuldades que encontrei para me afirmar como rapper no decorrer do meu percurso. Foi também uma forma de assinalar o nascimento do meu primeiro filho e mostrar como tudo na vida tem uma continuidade”. E TNT quer continuar muita coisa: a tradição de positivismo do hip hop, a estética clássica boom bap, a apetência pelos jogos imaginativos de palavras.

Para tanto, Menino de Ouro reúne argumentos de peso: produções de DJ Player (“O Futuro”, “MS Pride”, “Aventuras”, “Catarse” e “Check In”), Dário (“Pro Bono”), Danny Stone (“Andaver”), Fabrik (“Rei dos Gazeteiros”) e Lhast (“Menino de Ouro”) e participações de Carlão, Melo D, TC, Blasph ou Realpunch. Cada um dos convidados, quer a nível instrumental quer vocal, foi eleito por TNT por razões de afinidade, por razões emocionais, por razões artísticas, enfim. Porque este é um trabalho de paixão, em que cada batida, cada rima, cada groove carrega o peso de uma memória, de um episódio específico, de uma história que agora se quer contar.

Comentários
Top

Este site utiliza cookies próprios e da Google para personalizar conteúdo e anúncios, funcionalidades de redes sociais e análise de tráfego. A informação contida nestes cookies pode ser partilhada com os nossos parceiros fornecedores das funcionalidades descritas atrás. Ao navegar neste site, estará a consentir a utilização destes cookies. Saiba mais sobre o uso de cookies.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

X