Bloom é o nome da mais recente aventura musical do cantor e compositor português JP Simões . “Tremble like a Flower” é o seu primeiro disco.

São dez temas tensos e luminosos que, a partir de uma base intimista e de escrita confessional, se vão abrindo em paisagens eletrizantes e feéricas, algo que começa por desenhar uma viagem interior e sai a sobrevoar o mundo.

A composição deste disco foi-se alicerçando no blues mais primordial, passando pela folk dos anos 60 (Dylan, Cohen e Nick Drake). Com a introdução de outras afinações, a procura de espaços mais vastos e serenos e a aglutinação de um certo modo “bossa nova” de tocar guitarra com um fingerpicking mais percussivo, a música começou a tomar o seu próprio rumo e as canções foram nascendo.

A partir daí entrou em jogo o guitarrista e compositor Miguel Nicolau (Memória de Peixe), que compôs quase todos os arranjos e partilhou a produção artística até ao fim do processo: o trabalho entre os dois músicos traduziu-se numa empenhada fusão de muitas das suas referências musicais. Alguns exemplos: os arranjos de sopros foram muito inspirados pelo saxofone de Donny McCaslin, o músico que participou no último disco de Bowie, Blackstar.

As guitarras, por seu turno, tanto evocam o som e o modo da música dos Velvet Underground e de Sonic Youth como de Jim O’Rourke ou dos Deerhoof. O trabalho de composição dos ambientes do disco, dos mais abstractos aos mais paisagísticos, encontrou inspiração em músicos como Brian Eno, Robert Wyatt ou António Carlos Jobim. Finalmente, o baterista e compositor Marco Franco, com o seu melódico ritmo, trouxe a pulsação cardíaca certa para o disco respirar em plenitude.

Bloom teve a sua estreia absoluta ao vivo no Festival Maré de Agosto, em Santa Maria, Açores, num concerto que contou com a presença de Carlos Bica no contrabaixo. Entretanto já passou pelo Jameson Urban Routes, festival que decorreu em Lisboa, no Music Box, na última semana de Outubro; e em Novembro, esteve no Teatro de Vila Real e no Auditório de Espinho.

“Tremble like a Flower” está já disponível no Bandcamp para quem quiser ouvir e comprar. A edição física do disco será feita em data a anunciar.

Comentários