Começou ontem, dia 4, a Feira do Livro no Porto que terá lugar, até dia 20 de setembro, nos Jardins do Palácio de Cristal. No ano em que os jardins comemoram o seu 150º aniversário, a feira é organizada pela Câmara Municipal do Porto pelo segundo ano consecutivo e Agustina Bessa-Luís é a homenageada de 2015. A ilustre escritora portuense vai dar nome a uma Tília daquela que é a avenida principal dos Jardins do Palácio de Cristal.

As expetativas, tendo em conta o ano passado, foram bastante superadas. O aumento do número de expositores e de autores levou com que fossem feitas algumas alterações na iluminação, nos pavimentos, nas áreas de restauração e no horário da feira. Com mais de 130 expositores, desde editoras a alfarrabistas, são aos milhares os livros que dão vida a esta feira. Aqui, é possível encontrar de tudo, desde as mais recentes edições e lançamentos, às relíquias que outrora foram esquecidas.

Apesar de se chamar Feira do Livro, podem-se encontrar mais coisas para além de livros: ciclo de cinema no Auditório da Biblioteca Almeida Garrett, exposições, visitas guiadas, concertos, atividades lúdicas para os mais pequenos e um “Speaker’s Conner“, a grande novidade desta edição, onde quem quiser pode subir ao palco e dispõe de 15 minutos para falar sobre literatura e felicidade.

Miúdos e graúdos, num final de tarde de sábado, enchiam o recinto de alegria e curiosidade. Pessoas nos bancos a folhearem as suas novas aquisições, deitadas na relva a passar um bom bocado, ou sentadas a assistirem a uma Jazz Session à sombra das enormes árvores que acolhem a Avenida das Tílias. Para além da enorme quantidade de livros em desconto, podem-se encontrar outros objetos peculiares como garrafas de vidro com mensagens a coleções de selos, lápis entre muitas outras coisas.

[su_carousel source=”media: 298,297,296,295,294,293,292,291,290,289,288,287,286,285,284,283,282,281,280,279,278,277,276,275,274,273,272,271,270,269,268,267,265″ link=”lightbox” height=”400″ title=”no” autoplay=”3000″]

Comentários