No âmbito do ciclo de comemoração dos 20 anos de atividade do ANIM (Arquivo Nacional das Imagens em Movimento), a Cinemateca Portuguesa presta uma justa homenagem a José María Prado e Catherine Gautier, respetivamente director e subdirectora da Filmoteca Española que recentemente cessaram funções.

Durante as últimas décadas, período em que estiveram à frente da Filmoteca Española, José María Prado e Catherine Gautier protagonizaram uma fase de grande importância na relação entre as duas cinematecas.

Durante este período, as parcerias com a Cinemateca Portuguesa foram inestimáveis e da maior relevância para nós, desde ciclos de cinema organizados em conjunto, como na divulgação das cinematografias espanhola e portuguesa em ambos os países.

Como homenagem, a Cinemateca apresenta na próxima quarta-feira, dia 19, às 21h30, o filme TRISTANA, de Luis Buñuel, numa cópia 35 mm da coleção pertencente à Filmoteca Española.

TRISTANA*

Tristana, Amor Perverso de Luis Buñuel
com Catherine Deneuve, Fernando Rey, Franco Nero, Lola Gaos
Espanha, França, Itália, 1970 – 99 min / legendado eletronicamente em português | M/14

Sala M. Félix Ribeiro | 19 de outubro às 21:30 – com a presença de Catherine Gautier e José María Prado

*Adaptação de um romance de Perez Galdós, TRISTANA é um dos filmes mais famosos de Luis Buñuel, à volta de um velho conquistador que não quer reconhecer o seu fim, e de uma jovem, Tristana, vítima de estranhos pesadelos eróticos. Um humor feroz e truculento, por vezes grotesco (“esperpêntico”, como dizem os espanhóis), faz deste filme uma das mais perturbantes incursões no desejo, nos seus objetos e perversões.

Comentários