No dia em que fora lançada a edição comemorativa dos 50 anos do mítico disco “Pet Sounds” do Beach Boys, Brian Wilson conquista o NOS Primavera Sound. Este foi o primeiro marco da noite desta sexta-feira.

Cass McCombs abriu o Palco NOS e entre o público já se ouvia um “zum zum” de que estavam ansiosamente a aguardar pelo o concerto de Brian Wilson. Contudo, entre a multidão, havia um ou outro cético que deixava a dúvida no ar: será que, apesar da idade, está a altura do desafio? A verdade é que estava e está.

Eram cerca das 20h quando Brian Wilson subiu ao Palco NOS do NOS Primavera Sound para apresentar ao Parque da Cidade “Pet Sounds”, afamado disco dos Beach Boys lançado em 1966.

Brian sentou-se ao piano (e nunca mais de lá saiu até terminar o espetáculo) e arrancou nesta viagem no tempo com “California Girls” e durante mais dois temas preparou o público para “Pet Sounds”. Com o seu rosto jovem de há 50 anos estampado no fundo do palco, contrastando com o rosto enrugado de agora, o músico fundador dos Beach Boys, foi interagindo com a plateia ao mesmo tempo que introduzia os temas que, praticamente, não precisavam de quaisquer apresentações.

“Wouldn’t it be nice” foi aquele tema que estava mais afinadinho e na pontinha da língua dos fãs, que estiveram sempre esforçados a emprestar a voz a Brian, ao mesmo tempo que gingavam ao som destas canções que fazem parte da história da música.

Com os sinais do avançar da idade já bem visíveis (e da vida que “Beach Boy” levou), um tremelico ou outro na voz, Brian Wilson conquistou o público que parece ter recuado à época de 60, cantando e dançando os mais afamados temas dos Beach Boys.

Texto:Monica Ferreira
Fotografia: Hugo Lima – NOS Primavera Sound

Comentários