Está aqui!
Home > Música > Concertos > Alejandro Sanz fez história com “Más Es Más”

Alejandro Sanz fez história com “Más Es Más”

Alejandro Sanz
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

O espetáculo comemorativo dos 20 anos de carreira de Alejandro Sanz, que decorreu em Madrid, ficará marcado para sempre na memória tanto do artista como dos fãs.

Alejandro Sanz foi recentemente nomeado “Personalidade do Ano” pela Academia Latina de Artes e Ciências Discográficas e, este fim-de-semana, deu um concerto – quase um ano depois de trabalho árduo – no Estádio Vicente Calderón em Madrid com “MÁS ES MÁS”, o espetáculo comemorativo do 20.º aniversário do lançamento de um dos discos mais vendidos de sempre em Espanha: “Más”. Os bilhetes esgotaram em meia hora e milhares de fãs ouviram finalmente versões ao vivo dos temas do álbum “Más”, num alinhamento repleto de outros sucessos da carreira do músico.

Nesta noite especial, Alejandro Sanz convidou um leque famoso de amigos para interpretar vários hinos contemporâneos, incluindo “Corazon Partío”, “Y si fuera ella”, “Amiga mía” e “Quisiera ser”. Antonio Carmona, Antonio Orozco, Dani Martín, David Bisbal, India Martínez, Jesse & Joy, Juan Luis Guerra, Juanes, Laura Pausini, Malú, Manuel Carrasco, Miguel Bosé, Miguel Poveda, Niña Pastori, Pablo Alborán, Pablo López, Pastora Soler, Vanesa Martín e Vicente Amigo juntaram-se a Sanz no palco “MÁS ES MÁS”. Antes de interpretar “Siempre es de noche”, Alejandro convidou Cristina Portas, uma concorrente de um programa televisivo que surpreendeu o artista pela interpretação de uma das suas canções em língua gestual. Sanz também esteve acompanhado do Coro Safari em “La margarita dijo no” e “Looking for Paradise”.

Esta produção impressionante e customizada envolveu um sistema de luz de 300.000 watts, um sistema de som de 80.000 watts, mais de 27 camiões para a montagem do palco ao longo de 8 dias, mais de 1.400 pessoas a trabalhar no evento, cerca de 450 pessoas nos serviços de controlo e segurança e uma série de músicos, incluindo 2 bandas completas e 20 artistas convidados. Esta foi, sem dúvida, a produção mais ambiciosa da carreira de Alejandro Sanz.

Já na semana passada, a Academia Latina de Artes e Ciências Discográficas anunciou que Sanz será nomeado Personalidade do Ano na gala que terá lugar no Mandalay Bay Convention Center, em Las Vegas, a 15 de novembro. Vencedor de 18 Grammys Latinos e 3 Grammys, Sanz será homenageado pela sua arte e pelas importantes contribuições filantrópicas para organizações como Médicos Sem Fronteiras, Save the Children, Greenpeace, entre outras. O prémio de Personalidade do Ano reconhece músicos como forma de agradecimento pelos seus contributos artísticos para a indústria da música latina e o seu compromisso para a filantropia. Já foram galardoados com esta distinção Marc Anthony, Roberto Carlos, Joan Manuel Serrat, Miguel Bosé, Caetano Veloso, Shakira, Plácido Domingo, Juan Gabriel, Gloria Estefan, Juan Luis Guerra, Ricky Martin, José José, Carlos Santana, Gilberto Gil, Vicente Fernández, Julio Iglesias e Emilio Estefan.

Depois do enorme sucesso com “MÁS ES MÁS”, Alejandro Sanz encontra-se a trabalhar em novos projetos e desafios na sua carreira.

Comentários
Top

Este site utiliza cookies próprios e da Google para personalizar conteúdo e anúncios, funcionalidades de redes sociais e análise de tráfego. A informação contida nestes cookies pode ser partilhada com os nossos parceiros fornecedores das funcionalidades descritas atrás. Ao navegar neste site, estará a consentir a utilização destes cookies. Saiba mais sobre o uso de cookies.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

X