Quase 35 anos depois da última atuação pública em conjunto, os membros dos ABBA preparam-se para dar aos seus fãs de todo o mundo o que milhares deles sonhavam, mas consideravam impossível: uma nova experiência de entretenimento.

O empresário Simon Fuller, criador do “American Idol”, os elementos dos ABBA, e o Universal Music Group estão a trabalhar juntos numa aventura inovadora que irá recorrer às mais recentes tecnologias digitais e de realidade virtual. O objetivo é criar uma experiência digital original com estas superestrelas da música pop sueca, permitindo assim a uma nova geração de fãs ver, ouvir e sentir os ABBA de uma forma que até então era impensável.

Simon Fuller tem estado na vanguarda da mudança social e tecnológica durante três décadas, usando os seus conhecimentos para transformar a cultura popular. Nos seus negócios tem vindo a investir discretamente na tecnologia de realidade virtual, desenvolvendo há vários anos seres humanos digitais hiper-realistas no campo do entretenimento. A colaboração com os quatro membros dos ABBA, que se formaram em Estocolmo em 1972 e que permanecem como um dos grupos mais icónicos e talentosos da história da música, assinala um momento chave para concretizar plenamente as várias possibilidades da realidade virtual que estão ao virar da esquina, e, neste processo, transformar a cultura popular.

Os membros dos ABBA estarão envolvidos em todo o processo criativo, mantendo a autenticidade e integridade da visão original da banda dentro de um novo campo de possibilidades entusiasmantes ligadas ao mundo do entretenimento.

Frida Lyngstad, uma das vozes dos ABBA, disse: “Os nossos fãs em todo o mundo estão sempre a pedir-nos para nos reunirmos. Espero que esta nova criação dos ABBA os entusiasme tanto como a mim!”

As restantes novidades quanto a esta colaboração inovadora serão anunciadas em 2017.

Comentários