Com dramaturgia e direção de Tiago Rodrigues e música de Mário Laginha, “A Perna Esquerda de Tchaikovski” explora o fim de carreira de Barbora Hruskova

A memória do corpo e a revisitação da carreira de Barbora Hruskova – primeira bailarina da Companhia Nacional de Bailado (CNB) –  são o mote para A Perna Esquerda de Tchaikovski, com dramaturgia e direção de Tiago Rodrigues. O espetáculo – que estará cena no Teatro Nacional São João (TNSJ), nos dias 5 de maio (21h30) e 6 de maio (18h30), no âmbito do Festival DDD – Dias da Dança 2017 – conta ainda em palco com o pianista Mário Laginha, que interpreta a música original que compôs para este espetáculo.

A convite da Companhia Nacional de Bailado (CNB), Tiago Rodrigues traduz a carreira de Hruskova, que, após mais de 30 anos de dança intensiva nas mais destacadas produções, teve de se despedir dos palcos com uma lesão na perna. A Perna Esquerda de Tchaikovski (ou a perna esquerda de Barbora Hruskova) é uma combinação de teatro e dança que apresenta toda a memória de um corpo (desgastado, mas gracioso) de uma bailarina, entre o prazer e a dor, o sacrifício e superação. “Dançar dói, mas dói mais quando estou parada.”

Para Tiago Rodrigues, a peça mostra “aquilo que a dança clássica obsessivamente esconde: o trabalho infernal por trás da beleza etérea do ballet. A disciplina militar, a dedicação que é quase devoção, a compulsiva busca da perfeição, as privações, a constante autocrítica. E sim, o prazer. Mas o prazer que resulta da escalada extenuante a cumes inacessíveis”. Com o desenho de luz a cargo de Cristina Piedade e produção da CNB, A Perna Esquerda de Tchaikovski traduz o momento definitivo dum corpo que está prestes a abandonar a dança. O espetáculo destina-se a maiores de seis anos e o preço dos bilhetes varia entre os 7,50 e os 16 euros.

Comentários